Buscar

Manteiga de amendoim... Pode ser surpreendentemente perigosa para cães

Doglovers por aí? Também amantes de manteiga de amendoim? Por cá adoramos este ingrediente e os nossos cães também, mas nem todas são seguras, e possivelmente, há mais perigos à solta pela casa também.

A internet está repleta de receitas com manteiga de amendoim para fazer biscoitos para os nossos amigos e sobretuto, para rechear os seus brinquedos (como o Kong, por exemplo). Mas temos de ter em conta que nem todas são adequadas, aliás, podem mesmo ser extremamente tóxicas para cães e tudo se deve à presença de xilitol.

O xilitol é um adoçante (açúcar alcoólico) naturalmente encontrado nas fibras de vários vegetais, no entanto, é menos calórico do que o açúcar vulgar e não provoca aumento na concentração sanguínea de glicose (hiperglicemia), daí que esteja a ganhar bastante popularidade hoje em dia. Assim é fácil de encontrar em vários alimentos, nomeadamente aqueles que dizem ser "sem açúcar", como bolos, pastilhas elásticas, suplementos vitamínicos, medicamentos, molhos culinários e ainda, em géneros não alimentícios, como pasta de dentes e alguns produtos de cosmética. Por este motivo, cuidado aí por casa, sobretudo ao deixar carteiras ou malas com estes produtos ao alcance do vosso cão (já sabemos que não é suposto andarem a foçar onde não devem, mas para eles todas as hipóteses de experimentar algo novo são bem vindas). O consumo de xilitol por pessoas, assim como por gatos, não tem qualquer problema, contudo, para cães é extremamente tóxico!

Em cães o xilitol promove uma descida na concentração de açúcar no sangue (hipoglicemia), a partir de doses tão baixas como como >0,1 g/Kg, e pode ainda provocar lesão hepática (no fígado), em dose a partir de >0,5 g/Kg. Os sinais clínicos de hipoglicemia podem ocorrer logo nos primeiros 30 minutos após a ingestão, ou até 12 horas, e consistem em: fraqueza generalizada, tremores musculares, agitação e em casos mais extremos/ sintomatologia não tratada medicamente, em convulsões. Por outro lado, os sinais clínicos associados à lesão do funcionamento hepático ocorrem 2 a 3 dias após a ingestão e consistem em: vómitos, diarreia e em casos mais severos, pode já ver-se as mucosas amarelas (icterícia).

Não existe nenhum antídoto para o xilitol, e por isso, caso o vosso cão ingira ou suspeitem que tenha ingerido algum produto que contem este adoçante o melhor é leva-lo de imediato para a clínica veterinária de forma a que possa ser monitorizado e, caso necessário, instituído tratamento de suporte que consistirá na administração de fluidoterapia suplementada com glucose e outras medicações que se considerem necessárias de acordo com o quadro clínico do animal.

Conclusão... Quanto à manteiga de amendoim, ler sempre o rótulo antes de comprar, desde que não contenha xilitol na sua composição, não tem qualquer problema em ser utilizada (sempre com moderação claro), e em caso de dúvida o melhor é sempre "jogar pelo seguro" e não usar!

  • Facebook
  • Instagram

©2019 by Mi-Ão. Proudly created with Wix.com